Home > Campeonato Brasileiro Série B > Inter bate o América-MG e se isola na liderança da Série B

Inter bate o América-MG e se isola na liderança da Série B

No encontro dos lideres da Série B do Campeonato Brasileiro, o Internacional bateu o América-MG por 2 a 1, no Beira-Rio, na noite desta quarta-feira (27), no encerramento da 26ª rodada. Edenílson abriu o escore para o Colorado após assistência de D’Alessandro. O Coelho igualou ainda no primeiro tempo com Luan. Quase no final, aos 40 minutos da etapa complementar, Nico López, anotou o tento da vitória colorada.

Com o resultado, o time comandado por Guto Ferreira foi a 51 pontos e abriu três de vantagem para os mineiros. O Inter ainda abriu nove pontos do quinto colocado, o Ceará que tem 42.

Pela próxima rodada, o Internacional receberá o Santa Cruz no Beira-Rio, no sábado, dia 30, às 16h30 (de Brasília). Um dia depois, o América-MG jogará no Independência contra o Oeste, às 11h.

O jogo

Logo aos 4 minutos, o América chegou ataque com perigo. O atacante Luan avançou pela esquerda e da entrada da área bateu rasteiro, mas o goleiro Danilo Fernandes defendeu em dois tempos. O Internacional respondeu com Eduardo Sasha, que percebeu o arqueiro adversário adiantado e tentou encobri-lo, mas João Ricardo conseguiu retornou a tempo para pegar.

Aos 10 minutos, Edenilson tabelou com Leandro Damião que, dentro da área, finalizou cruzado com perigo à meta americana. Aos 18 minutos, William Pottker lançou para Eduardo Sasha, que sofreu uma falta quando foi dominar de peito na entrada da área. Na cobrança, o capitão D’Alessandro chutou com força, mas em cima do goleiro João Ricardo, que defendeu em dois tempos.

Com o jogo franco foi a vez do Coelho atacar. Matheusinho tocou para Norberto, que cruzou rasteiro para Renan Oliveira chegar finalizando, porém, a bola bateu em Ernando que afastou. Aos 25 minutos, D’Alessandro lançou para Sasha. O jogador invadiu a área e chutou colocado com a perna direita. O goleiro João Ricardo se jogou e espalmou para fora da área.

Dois minutos depois, o Inter achou o caminho das redes. Em jogada de D’Alessandro pela esquerda, o capitão deu uma finta na marcação, fingindo que ia cruzar de canhota, ele cortou para a direita e alçou para a área. O volante Edenilson apareceu e cabeceou para o fundo do gol e marcando o primeiro gol vestindo a camisa colorada.

O gol inflamou a torcida, que foi em ótimo número, mais de 36 mil, e o time em campo. Em boa oportunidade, D’Alessandro cobrou escanteio fechado, o volante Rodrigo Dourado tocou de leva na bola e a zaga afastou para a entrada da área. Na sobra, William Pottker finalizou mal e mandou a bola longe do gol.

Aos 40, o América-MG conseguiu empatar o jogo. Renan Oliveira recebeu pelo meio e tocou para Luan, que entrou pela esquerda e concluiu com força. A bola ainda desviou no pé de Alemão, tomou efeito e encobriu o goleiro Danilo Fernandes.

No segundo tempo, o Internacional retornou pressionando o América-MG. Logo no primeiro minuto, Alemão carregou a bola, puxou do meio até a esquerda e de canhota cruzou para William Pottker cabecear e acertar o travessão. Aos 6, em cobrança de falta na meia direita de ataque, o lateral Pará mandou cruzado e a bola passou perto da trave esquerda colorada.

O Internacional chegou perigosamente novamente com Eduardo Sasha, aos 9 minutos. O camisa 9 se livrou da marcação e chutou forte. O goleiro João Ricardo caiu para fazer a defesa. Na sequência, o goleiro Danilo Fernandes salvou o Inter de levar a virada. Após triangulação, Edno recebeu na área e chutou forte no canto esquerdo para a grande defesa do arqueiro.

Em um lance que gerou muita reclamação da torcida colorada, D’Alessandro tocou para William Pottker, que ia invadir a área, mas foi derrubado pelo goleiro João Ricardo. O árbitro assinalou a falta na entrada da área e apresentou o cartão amarelo para o arqueiro, deixando os torcedores indignados com a decisão, já que esperavam a expulsão.

Na jogada, João Ricardo sentiu dores após o choque e foi substituído por Fernando Leal. Depois de mais de sete minutos de paralisação, D’Alessandro cobrou e acertou a barreira. Aos 32, o volante Edenilson cruzou para a área, e o atacante Leandro Damião subiu cabeceando perto da trave. A bola ainda desviou na marcação antes de sair pela linha de fundo.

O gol da vitória colorada veio aos 40 minutos, com o Nico López, que entrou no lugar de Sasha. Após lançamento de Uendel, o meia Camilo desviou de cabeça para o uruguaio, que invadiu a área e concluiu para o fundo da rede.

O América-MG quase empatou já nos acréscimos aos 49 minutos. Após jogada de Luan pela esquerda, a zaga afastou e no rebote, o próprio Luan concluiu dentro da área, mas a bola passou perto da trave esquerda.

Aos 51, Edenílson fez jogada espetacular pela esquerda, deixando todos passando até pelo goleiro, tocou para Pottker, que escorou para Charles, que finalizou para fora, perdendo chance incrível.

Ouça os gols de Internacional 2 x 1 América-MG narrados por Adriano Garcia

Edenillson

Nico López

Luan do América

Entrevista coletiva do técnico Guto Ferreira

 

Internacional 2 x 1 América-MG
Ficha Técnica
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Arbitragem: Marcelo Aparecido R. de Souza – SP (CBF), auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho – SP (CBF) e Bruno Salgado Rizo – SP (CBF)
Gols: Edenílson 27′ 1T, Nico López 42′ 2T (I); Luan (A)
Cartões amarelos: Cuesta, Uendel, D’Alessandro, Rodrigo Dourado, Nico López (I); João Ricardo, Fernando Leal, Lima e Luan (A)
Público: 32.685 pagantes (36.038 presentes)/Renda: R$ 741.017,00

Internacional: Danilo Fernandes; Alemão, Ernando, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro (Camilo), William Pottker e Eduardo Sasha (Nico López); Leandro Damião (Charles). Técnico: Guto Ferreira.

América-MG: João Ricardo (Fernando Leal), Norberto, Lima, Rafael Lima, Pará, Ernandes, Juninho, Renan Oliveira (Ruy), Matheusinho (Felipe Amorim), Luan e Edno. Técnico: Enderson Moreira.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Leave a Reply