Home > Campeonato Brasileiro Série B > Com recorde de público, Paraná vence o Inter na Arena da Baixada

Com recorde de público, Paraná vence o Inter na Arena da Baixada

Em uma noite histórica para o torcedor paranista, que quebrou o recorde de público da Arena da Baixada, o Tricolor venceu o líder Internacional e subiu na tabela da Série B. Na noite de terça-feira, 3 de outubro, pela 28ª Rodada, o Paraná Clube bateu o Colorado por 1 a 0, com gol do zagueiro Iago Maidana.

O público presente nesta noite supera os 39.375 de Austrália x Espanha pela Copa do Mundo de 2014. A renda desse jogo é maior da Série B 2017: R $ 1,224.660,00.

O resultado coloca o time paranista momentaneamente na vice liderança do Campeonato com 49 pontos. Já o Internacional permanece na liderança com 54 pontos. Pela 29ª rodada da Série B, o Inter volta a jogar na segunda-feira (9), às 20h, contra o Brasil-PEL, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Na sexta-feira, dia 13 de outubro, às 20h30, o Paraná enfrenta o Criciúma no Estádio Durival Britto, em Curitiba.

Para o confronto capital paranaense, o técnico do Internacional teve o retorno dos laterais Claudio Winck e Uendel, que completou 50 jogos vestindo a camisa colorada. Na defesa, Sem poder contar com Cuesta, Klaus e Ernando, a zaga foi formada por Léo Ortiz e Danilo Silva. No ataque, William Pottker, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, foi substituído pelo uruguaio Nico López.

No Paraná, o volante Leandro Vilela, que sofreu uma lesão contra o Figueirense, foi o desfalque para o técnico Matheus Costa. Em seu lugar entrou Vinícius Kiss. No ataque, Robson retornou ao time após cumprir suspensão em Florianópolis.

O jogo 

Paraná x Inter. Foto Jairo KubaRádio Galera

Paraná x Inter. Foto Jairo Kuba/Rádio Galera

Apoiado pela torcida, que fez uma grande festa na Arena da Baixada, foi do Paraná a primeira finalização. Aos 5 minutos, Alemão finalizou a jogada que começou com intensa troca de passes no campo de ataque. Na entrada da área, o camisa 9 paranista concluiu cruzado e mandou a bola perto da trave esquerda de Danilo Fernandes.

A resposta colorada não tardou a acontecer e quase foi mortal. No contra-ataque, Nico López foi lançado na direita e cruzou para Eduardo Sasha, que cabeceou à direita da meta defendida por Richard. Logo aos 17 minutos do primeiro tempo, o Internacional foi obrigado a fazer uma substituição. O volante Rodrigo Dourado sentiu um desconforto no adutor da coxa esquerda e saiu para a entrada de Charles. O volante será reavaliado em Porto Alegre.

Um minuto depois, o Paraná levou perigo ao gol de Danilo Fernandes. Gabriel Dias recebeu em cobrança de lateral e cruzou para a área. Robson concluiu para a defesa em dois tempos do goleiro colorado. Na sequência, mais uma chegada paranista. O centrovante Alemão recebeu  a bola entrada da área, cortou para a perna direita e chutou perto do ângulo direito do gol.

Aos 29 minutos, Eduardo Sasha recebeu a bola na entrada da área, se livrou da marcação e mandou uma bomba no ângulo direito. O goleiro Richard voou e com a mão direita mandou para escanteio. Em cobrança de escanteio, aos 36 minutos, D’Alessandro cruzou para a área, Leandro Damião ajeitou para Charles cabecear livre, na pequena área, por cima da meta.

Depois de levar dois sustos, o Paraná abriu o marcador aos 41 minutos. Renatinho cobrou corner do lado direito, os colorados ficaram parados e o zagueiro Iago Maidana subiu sozinho para cabeceou no canto esquerdo de Danilo Fernandes.

Antes do encerramento da primeira etapa, Os paranaenses pediram pênalti quando Robson tabelou com Renatinho e foi derrubado dentro da área, mas o árbitro Leandro Bizzio Marinho não marcou nada.

Segundo tempo: pressão colorada, mas nada de gol

Para o início do segundo tempo, as duas equipes retornaram do vestiário sem alterações. Em desvantagem, o Internacional imprimiu uma pressão logo de cara. Aos 7 minutos, D’Alessandro cruzou na segunda trave e Damião se atirou na bola e acertou a trave direita. No rebote, a zaga do Paraná chutou o perigo para longe. Aos 9 minutos, Damião foi lançado na área e de costa para o gol tentou de bicicleta, mas o goleiro Richard defendeu com tranquilidade.

O Tricolor só respondeu aos 17 minutos,  quando Renatinho recebeu lançamento, ajeitou para Alemão concluir, de fora da área. O chute saiu franco e Danilo Fernandes pegou facilmente. Um minuto depois, Robson fez jogada individual, limpou a marcação, mas na hora da conclusão pegou mal na bola que subiu muito e saiu pela linha de fundo.

Em mais um momento de blitz colorada, Camilo cobrou escanteio, Léo Ortiz desviou para Nico López, livre dentro da pequena área, o uruguaio dominou e chutou em cima do goleiro Richard, que fechou ângulo, salvando o Paraná. Aos 36 minutos, Edenílson cruzou fechado, o goleiro Richard acompanhou e a bola passou muito perto do ângulo esquerdo de ataque colorado, mas para fora.

O Internacional tentou empatar até o fim, mas Paraná se segurou bem e garantiu a vitória e a festa paranista na Arena da Baixada.

Ouça o gol de Iago Maidana narrado por Adriano Garcia, na reportagem de Jairo Kuba, e o comentário de Paulo Bizzarro. 

 

Entrevista do vice-presidente de futebol Roberto Melo

 

Entrevista do técnico Guto Ferreira

 

Entrevista do volante Edenílson

 

Paraná 1 x 0 Internacional – 28ª Rodada da Série B
Ficha Técnica
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Danielo Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques (Trio de São Paulo)
Gols: Iago Maidana 41′ 1T
Cartões amarelos: Igor, Gabriel Dias, Jhony, Robson, Renatinho, Richard (P), D’Alessandro, Cláudio Winck (I)
Público: 39.414 torcedores/Renda: R$ 1.224.660,00

Paraná: Richard; Cristovam, Iago Maidana, Brock e Igor; Gabriel Dias, Vinícius Kiss, Renatinho (Raphael Lucas) e João Pedro (Jhony); Robson e Alemão (Vitor Feijão). Técnico: Matheus Costa.

Internacional: Danilo Fernandes; Cláudio Winck (Juan), Danilo Silva, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado (Charles), Edenilson, D’Alessandro, Eduardo Sasha (Camilo) e Nico López; Leandro Damião. Técnico: Guto Ferreira.

Foto: Iago Maidana comemora o gol que deu a vitória ao Tricolor. Foto: Albari Rosa/Jornal

Leave a Reply