Home > Copa Paulo Sant´Ana > Pelotas bate o Aimoré e fica perto da final da Copa Paulo Sant’Ana

Pelotas bate o Aimoré e fica perto da final da Copa Paulo Sant’Ana

O Pelotas está a um passo do paraíso, que é voltar a uma competição nacional. A última vez que o Lobo atravessou o Rio Mampituba foi em 2014, quando disputou a Série D. Na tarde deste domingo, dia 8, o Áureo-Cerúleo venceu o Aimoré por 2 a 0 na Boca do Lobo abriu rumo a final da Copa Paulo San’Ana. Os gols pelotenses foram anotados por Giovane Gomez e Jean Roberto.

No próximo domingo, dia 15, às 15h30min, no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo, o Índio Capilé precisa vencer por 3 gols de diferença para levar a classificação no tempo normal. Já o Pelotas pode até perder por 1 a 0 que mesmo assim garante vaga na grande final. Vitória leopoldense por 2 tentos a 0 leva a decisão para os pênaltis. O ganhador desse confronto pega na final Cruzeiro ou São José. Na ida, o Estrelado venceu por 2 a 1 no Passo D’Areia.

O Jogo

Logo nos primeiros minutos, Paulinho Simionato avançou pelo meio e da entrada da área bateu sem sustos para Nicolas. No lance, o técnico áureo-cerúleo Thiago Nunes precisou queimar sua primeira troca. Simionato sentiu uma contratura muscular na coxa e foi substituído por Giovane Gomez.

A resposta aimoresista surgiu na falha do zagueiro do Lobo Ricardo Bierhals. Nuno entrou pela esquerda e chutou rasteiro, a bola saiu à esquerda de Copetti. Aos 27 minutos, novamente Nuno concluiu e a bola passou rente a trave canhota da equipe pelotense.

Cinco minutos depois, Gustavo Xuxa cobrou falta, que ele mesmo sofreu, Giovane Gomez recebeu no interior da grande área e tocou na saída do goleiro do Aimoré Nicolas e colocou o caroço para o fundo da rede. Pelotas 1 a 0.

Na sequência, Elton arrematou por cobertura e obrigou Copetti fazer a defesa com a ponta dos dedos, tocando para escanteio. Quase que o Aimoré empata. Na última jogada do primeiro tempo, o Índio Capilé chegou com perigo quando Faísca chutou de pé esquerdo e a bola passou à esquerda do gol de Rafael Copetti.

Na volta dos vestiários, Thiago Gomes teve que fazer outra substituição por lesão: Caxambú deu lugar a Tomaz. No Aimoré, Thiaguinho substituiu Gean.  E foi do Aimoré a primeira chance da etapa. Nuno cabeceou pertinho do go, de Copetti. Aos 13 minutos, o Lobo respondeu em duas oportunidades. Xuxa chutou e a zaga leopoldense tirou quase em cima da linha, no rebote, Giovane Gomez mandou para o gol, a bola desviou na defesa e foi para a linha de fundo.

Em uma desatenção do sistema defensivo pelotense, o Aimoré assustou e por pouco não empatou, com Brandão desperdiçando. Para dar sangue novo no time da Zona Sul, Thiago Gomes trocou Rafinha por Igor Padilha.

O segundo gol do Pelotas saiu aos 26 minutos. Depois de arrremesso lateral pela direita, Xuxa recebeu e cruzou para Jean Roberto. O meia chutou forte sem chances para Nicolas. Nos terço final da segunda etapa, o Pelotas que ampliou o placar, com Igor Padilha acertando a trave. O árbitro Daniel Nobre Bins levou o jogo até os 51 minutos, mas o Pelotas segurou a vitória e a vantagem para a partida de volta.

Pelotas 2 x 0 Aimoré
Ficha Técnica
Local: Estádio Boca do Lobo, em Pelotas
Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Tiago Kappes Diel
Gol: Giovane Gomez 32′ 2T, Jean Roberto 26′ 2T
Cartões amarelos: Rafael Copetti, Rafinha (P); Faísca (A)

Pelotas: Rafael Copetti, Caxambú (Tomaz), Everson, Ricardo Bierhals, Tatto; Tiago Gaúcho (Alberto), Rodrigo Vítor, Jean Roberto, Rafinha (Igor Padilha), Xuxa; Paulinho Simionato (Giovane Gomez depois Berg). Técnico: Thiago Gomes.

Aimoré: Nicolas, Feijão (Murilo), Luiz Henrique, Centeno (Douglão), Thiago Alemão; Digaô (Leozinho), Faísca, Elton, Nuno, Gean (Thiaguinho); Brandão (Giovani). Técnico: Fabiano de Borba.

Foto: Tales Leal/E.C. Pelotas

Leave a Reply