Home > Campeonato Brasileiro Série A > Grohe e Ramiro dão a vitória ao Grêmio em Campinas

Grohe e Ramiro dão a vitória ao Grêmio em Campinas

Com um time recheado de reservas, o Grêmio não fez o jogo dos sonhos, mas venceu. Em duelo pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor bateu a Ponte Preta por 1 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, nesta quarta-feira, dia 8. Nessa noite, o técnico gremista Renato Portaluppi só escalou três titulares: Marcelo Grohe, Michel e Ramiro. E foram dois deles que definiram o triunfo gremista no interior paulista. Enquanto que camisa 17 marcou, de cabeça, no começo do segundo tempo, o arqueiro garantiu o resultado com grandes defesas.

Além de ganhar a primeira partida com o time suplente, o Tricolor também quebrou um jejum, que já durava 36 anos sem vitória no Moisés Lucarelli.

O Grêmio atingiu 57 pontos, assumiu momentaneamente a vice-liderança e está a cinco do Corinthians, líder da competição com 62 que pega o Atlético-PR mais tarde, às 21h, na capital paranaense. Já a Ponte Preta ocupa a 18ª colocação, com 35 pontos.

As duas equipes jogam no domingo, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Às 17h (de Brasília), o Grêmio recebe o Vitória, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. A partida vai ocorrer na Serra Gaúcha devido ao show da banda britânica Coldplay que vai ocorrer na Arena do Grêmio no dia anterior. A Ponte Preta enfrenta o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, às 19h (de Brasília).

O jogo

A primeira chegada foi alvinegra. Com apenas 1 minuto, Emerson cruzou rasteiro para Naldo, que chutou fraco e Marcelo Grohe segurou firme. Dois minutos depois, Lucca ajeitou para Naldo, que apareceu no ataque mais uma vez. Porém, o camisa 8 chutou sobre o gol de Grohe, sem perigo.

O Grêmio foi ao ataque pela primeira vez aos 10 minutos. Everton recebeu pela esquerda, mas mandou longe da goleira defendida por Aranha. Aos 14, Cristian cobrou escanteio e Jael cabeceou pela linha de fundo. A Ponte Preta, que iniciou o duelo mais agressiva, passou a encontrar dificuldades por conta da forte marcação adversária.

E o que estava ruim ficou pior para a equipe campineira aos 17 minutos do primeiro tempo. O volante Fernando Bob deu uma solada em Ramiro durante uma disputa de bola e foi recebeu o cartão vermelho direto.

Com um jogador a mais, o Grêmio se soltou e passou a frequentar mais o campo de ataque. Aos 27 minutos, Everton avançou pela esquerda e chutou da entrada da grande área para defesa de Aranha. Três minutos mais tarde, Cristian bateu falta e Michel cabeceou para fora. A Ponte Preta voltou a assustar aos 45, com Danilo Barcelos, que tentou fazer um gol olímpico e a bola tocou na trave esquerda de Grohe. Aos 46, Cristian levantou na área e Jael mandou de cabeça sobre o gol pontepretano.

Ramiro marca e Grohe salva

Na etapa complementar, aos três minutos, a Ponte Preta inaugurou o placar. Lucca cruzou da direita, a bola pegou um efeito e ia entrando, Marcelo Grohe apareceu e defendeu de forma espetacular. No minuto seguinte, o Grêmio abriu marcador. Léo Moura recebeu de Jael e cruzou a bola na área onde estava o gigante Ramiro, de 1,68m, para cabecear no canto esquerdo de Aranha para marcar o gol tricolor.

Aos 15, Emerson cruzou e o xará Emerson Sheik acertou um voleio, mas a bola saiu por cima do gol, sem perigo para Grohe. Aos 29, Renato Portaluppi promoveu a segunda substituição: Fernandinho ocupou a vaga de Jailson. A Ponte Preta se jogou para frente em busca do empate. Aos 30 minutos, Lucca chutou forte e Grohe evitou o gol. E o goleiro Marcelo Grohe estava em noite inspirada. Danilo Barcelos bateu escanteio, Léo Gamalho cabeceou e o camisa 1 tricolor defendeu outra e outra vez…Como na cabeçada de Rodrigo.

Aos 34 minutos, Beto da Silva, que havia entrado aos 17, deixou o gramado com dores na virilha esquerda e foi substituído por Leonardo. Como se não existisse amanhã, a a Macaca era só ataque e empilhava gols perdidos. Aos 38, Lucca passou para Léo Gamalho, que finalizou mal, Grohe já estava batido, mas Bressan apareceu para afastar o perigo. Aos 41, o Grêmio poderia ter matado o jogo. Everton tocou para Fernandinho, que mandou para fora. Aos 43, Lucca, sozinho, cabeceou à direita da meta de Grohe. No último lance do jogo, o goleiro gremista impediu o cruzamento de Lucca. Fim de jogo, Ponte Preta 0 x 1 Grêmio.

Ponte Preta 0 x 1 Grêmio
Ficha Técnica
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Arbitragem: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC), auxiliado por Kleber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC).
Gol: Ramiro 4′ 2T
Cartões amarelos: Lucca, Rodrigo, Elton, Danilo (PP); Bressan, Marcelo Oliveira, Fernandinho (G)
Cartão vermelho: Fernando Bob (PP)
Público: 5.679 pagantes (6.226 presentes)/Renda: R$ 55.930,00

Ponte Preta: Aranha; Emerson (Felipe Saraiva), Yago, Rodrigo e Jeferson; Fernando Bob, Naldo (Léo Arthur), Elton (Léo Gamalho), Lucca, Danilo Barcelos; Emerson Sheik. Técnico: Eduardo Baptista.

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Rafael Thyere e Marcelo Oliveira; Cristian, Michel, Jailson (Fernandinho); Ramiro e Éverton; Jael (Beto Da Silva depois Leonardo). Técnico: Renato Portaluppi.

Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo

Leave a Reply