Home > Campeonato Brasileiro Série B > Inter cede o empate ao Vila Nova e adia o acesso à Série A

Inter cede o empate ao Vila Nova e adia o acesso à Série A

O Internacional entrou em campo neste sábado, dia 11, precisando apenas vencer para garantir o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Em confronto válido pela 35ª rodada, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o colorado gaúcho voltou a decepcionar sua torcida e ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Vila Nova. Cláudio Winck abriu o escore para o Inter, e Ruan deixou tudo igual para o time goiano.

Após mais esse insucesso, a diretoria colorada anunciou a demissão do treinador a três rodadas do fim da Série B do Brasileirão. O auxiliar Odair Hellmann assumirá interinamente o time até o final da competição.

O resultado deixa o Inter com 64 pontos na vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, a dois de distância do América-MG, que bateu o Figueirense por 2 a 1, no Orlando Scarpelli. A vitória garantiu o Coelho na Série em 2018.

O colorado voltará a campo na terça-feira, às 20h30min (de Brasília) para enfrentar o Oeste, na Arena Barueri. Com 64 pontos ganhos, um simples empate o garantirá na primeira divisão nacional da próxima temporada. O próximo jogo no Gigante, pela última rodada do campeonato, é contra o Guarani, dia 25 de novembro.

Já o Vila Nova, que foi a 54 pontos, na sexta colocação, ainda sonha com o acesso, já que está a cinco pontos do Paraná, primeiro time dentro do G-4

A igualdade no placar ainda marca o quarto jogo consecutivo do Inter sem vitórias na Série B – antes, havia perdido para o Ceará e empatado com CRB e Luverdense. Pior ainda, ele chegou a um mês de jejum sem triunfos atuando em seus domínios. Isso aconteceu pela última vez no dia 9 de outubro, quando bateu o Brasil de Pelotas, por 1 a 0.

Aos 11 minutos do primeiro tempo, D’Alessandro cobrou falta para a grande área, Rodrigo Dourado conseguiu salvar a saída da bola e cruzou para trás, o lateral-direito Claudio Winck apareceu de surpresa e emandou as redes. 1 a 0 Inter.

Logo no início da segunda etapa, aos três, após nova cobrança de bola parada, Alan Mineiro cruzou, Thales afastou mal e a bola sobrou para Ruan que, de voleio, jogou para o fundo do gol de Danilo Fernandes. O Inter ainda tentou pressionar no fim. No último lance, D’Alessandro alçou a bola na área em cobrança de falta e Heitor, na tentativa de cortar de cabeça, acabou acertando o travessão.

Internacional 1 x 1 Vila Nova
Ficha Técnica
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Arbitragem: Dyorgines José Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antônio Zanotti (trio do Espírito Santo)
Gols: Cláudio Winck 11′ 1T (I); Ruan 3′ 2T (VN).
Cartões amarelos: Rodrigo Dourado, D’Alessandro (I); Geovane, Fagner (V).
Público: 28.268 pagantes (33.088 torcedores)/Renda: R$ 735.273,00.

Internacional: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro e Eduardo Sasha (Nico López), William Pottker (Camilo) e Leandro Damião (Carlos). Técnico: Guto Ferreira.

Vila Nova: Luis Carlos; Anderson Luís (Léo Rodrigues), Wesley Matos, Alemão e Gastón Filgueira; Fagner (Heitor), Geovane, Maguinho, Alan Mineiro e Ruan; Lourency (Tiago Adan). Técnico: Hemerson Maria.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Leave a Reply