Home > Copa Internacional Ipiranga Sub-20 > Lanús vence Chapecoense e mantém Inter vivo na Copa Internacional Sub-20

Lanús vence Chapecoense e mantém Inter vivo na Copa Internacional Sub-20

Marcel Klein

Com uma primeira etapa apática, a Chapecoense foi surpreendida pelo Lanús e perdeu por 2 a 1 na Morada dos Quero-queros, na tarde desta sexta-feira (8). O resultado manteve uma vaga aberta no Grupo D da Copa Internacional Ipiranga Sub-20. O time catarinense segue precisando de um ponto para avançar para as quartas de final. Inter e Lanús ainda mantém esperanças de classificação, mas dependem do São Paulo vencer a Chape na última rodada e ainda tirar uma diferença grande no saldo de gols.

A Chape está na segunda colocação do grupo D, com seis pontos, e fecha a primeira fase no domingo (10), às 14h, contra o São Paulo, na Morada dos Quero-Queros. Os argentinos encerraram sua participação na fase inicial com seis pontos.

No primeiro tempo, o Lanús surpreendeu a Chapecoense iniciando o jogo com muita intensidade e abriu o placar cedo. Paradi cruzou rasteiro e González fez 1 x 0 com 6 minutos. A equipe argentina manteve o domínio do jogo e ampliou aos 21 minutos com o centroavante Argañaraz Paradi. Já nos acréscimos, a Chape começou a recuperação no jogo. Bruno foi atingido na área e o árbitro marcou pênalti. Vini bateu no canto e descontou.

Depois do intervalo, logo aos 4 minutos, o zagueiro Thaller, do Lanús, cometeu falta em Bruno, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Mesmo com um a mais a Chapecoense tentou o empate, mas esbarrou na forte marcação do time argentino. Aos 34 minutos, Flores também foi para o chuveiro mais cedo e deixou o Granate com nove homens em campo. Mesmo com dois jogadores a mais, a Chape não conseguiu reagir e o goleiro Igor Campos ainda teve tempo de fazer duas defesas espetaculares evitando uma derrota maior.

Lanús 2 x 1 Chapecoense
Ficha Técnica
Local: Morada dos Quero-Queros, em Alvorada
Arbitragem: David Baquini, José Eduardo Calza e Gustavo da Silva.
Gols: González 6′ 1T, Argañaraz Paradi 21′ 1T (L); Vini 45′ 1T (C)

Chapecoense: Igor Campos; Cata, Ruan, Igor Heinen e Alisson; Tharlis (Thiago Pato), Vini, Welissol (Péricles), Japa (Alan), Regis (Guedes) e Bruno. Técnico: Rodolpho Correia.

Lanús: Morales, Flores, Thaller, Ortiz e Valenti; Esquivel (Gimenez), Cardozo, Lodico e González (Cañete); Mansilla (Alaniz) e Argañaraz Paradi (López). Técnico: Rodrigo Acosta.

Foto: Chapecoense/Divulgação

 

Leave a Reply