Home > Copa Libertadores da América 2018 > Copa Libertadores da América 2018 – Primeira fase

Copa Libertadores da América 2018 – Primeira fase

No primeiro jogo da Copa Libertadores da América 2018, Montevideo Wanderers e Olimpia não saíram do 0 a 0, no Estadio Luis Franzini, em Montevidéu, em partida válida pela primeira fase da competição. Os dois estão na rota para o Grupo 8 da Libertadores, que tem o Palmeiras.

A partida de volta acontece nesta sexta-feira (26), às 21h15, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Um empate com gols dá a vaga aos uruguaios. Um novo 0 a 0 leva a decisão aos pênaltis.

Para chegar à fase de grupos, o vencedor do confronto ainda enfrentará mais dois duelos de mata-mata. Na próxima fase, o adversário será o Junior Barranquilla. Na fase seguinte, quem avançar encara Carabobo ou Guaraní-PAR. O classificado irá para o Grupo 8, que tem Palmeiras, Boca Juniors e Alianza Lima.

Montevideo Wanderers 0 x 0 Olimpia
Ficha Técnica
Local: Estadio Luis Franzini, em Montevidéu (URU)
Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Rodrigo Correa e Guilherme Camilo (trio do Brasil).
Cartões amarelos: Damián Macaluso (W); Darío Verón, Rodrigo Burgos, Richard Ortiz (O).

Wanderers: Martín Rodríguez, Federico Barrandeguy, Damián Macaluso, Paulo Lima, Alejandro Villoldo, Adrián Colombino, Nicolás Queiroz (Joaquín Noy), Manuel Castro, Rodrigo Rivero, Santiago Bellini (Rodrigo De Olivera) e Sergio Blanco (Rodrigo Pastorini). Técnico: Eduardo Espinel.

Olimpia: Alfredo Aguilar, Sergio Otálvaro, Juan Patiño, Darío Verón (José Leguizamón), Farid Díaz, Walter Bogado (Richard Sánchez), Rodrigo Burgos, Richard Ortiz, William Mendieta, Néstor Camacho e Brian Montenegro (Roque Santa Cruz). Técnico: Daniel Garnero.

Montevideo Wanderers e Olimpia empataram sem gols no Uruguai (Foto: Raúl Martínez/EFE)

636522664911685709

Veterano em Libertadores da América, o Deportivo Táchira encarou o pequeno clube equatoriano, Macará pela primeira fase da competição sul-americana. De um lado, o tradicional time venezuelano que disputa o torneio pela 22ª vez, de outro, o estreante Macará, do Equador. Nesta segunda-feira (22), Macará e Deportivo Táchira empataram por 1 a 1 no Estádio Bellavista, em Ambato, no coração do Equador. A partida é jogo de ida no confronto entre as duas equipes pela primeira fase da Libertadores. Ambos podem entrar no Grupo 4, que tem o Flamengo.

O resultado é bom para o Táchira, que avançará no torneio com um empate sem gols no jogo de volta, na próxima sexta-feira, às 22h15, em Sán Cristóbal, na Venezuela. Um empate por 0 a 0 leva os venezuelanos adiante. Um empate com dois ou mais gols dá a classificação aos equatorianos. Um novo 0 a 0 leva a decisão aos pênaltis.

Para chegar à fase de grupos, o vencedor do confronto ainda enfrentará mais dois duelos de mata-mata. Na próxima fase, o adversário será o Santa Fé. Na fase seguinte, quem avançar encara Santiago Wanderers ou Melgar. O classificado irá para o Grupo 4, que tem Flamengo, River Plate e Emelec.

Macará (EQU) 1 x 1 Deportivo Táchira (VEN)
Ficha Técnica
Local: Estadio Bellavista, de Ambato
Arbitragem: Andrés Rojas, auxiliado por Jhonn Alexander León e Wilmar Navarro (trio da Colômbia)
Gols: Elvis Patta 17′ 1T (M); Pérez Greco 24′ 2T (DT)
Cartões amarelos: Carlos Feraud, Marcos Miers, José Luis Cazares (M); Romeri Villamizar, Manuel Granados, Jan Vargas (DT)

Macará: Carlos Espinoza; Galo Corozo, Moisés Corozo, Marcos Miers, Leonel Quiñónez; José Luis Cazares, Elvis Patta (Armando Gómez), Carlos Arboleda (Javier Acosta), Carlos Feraud; Ronald Champang e Juan Manuel Tévez. Técnico: Paul Vélez.

Deportivo Táchira: Beycker Velázquez; Héctor Noguera, Daniel Benítez, Jan Carlos Vargas, Manuel Granados; Luis Melo, Romeri Villamizar (Johan Moreno), Darwin Gómez (Luis Chacón), Joel Infante (Joynner Rivera); Edgar Pérez Greco e Sergio Almirón. Técnico: Francesco Stifano.

O Deportivo Táchira enfrentou o estreante Macará (Foto: José Jácome/EFE)

000_XJ2JH-768x561

Na última partida da rodada de ida da primeira fase da Taça Libertadores da América, o Oriente Petrolero-BOL recebeu o Universitario-PER, na noite de segunda-feira, e venceu por 2 a 0, no confronto disputado no Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia).

Os gols da partida foram marcados por Hector Sanchez, aos 27 minutos do primeiro tempo, e Maximiliano Freitas, aos 34 minutos da etapa final.

O confronto de volta está marcado para a próxima sexta-feira, em Lima, com o Petrolero podendo perder por até um gol para avançar. Quem passar, terá pela frente o Jorge Wilstermann, outro time boliviano, pela segunda fase – duelo que definirá possível adversário do Vasco em uma terceira fase, a última antes dos Grupos. O Cruzmaltino estreia na segunda fase encarando os chilenos do Universidad de Concepción, no dia 31 de janeiro, fora de casa.

Oriente Petrolero (BOL) 2 x 0 Universitario (PER)
Ficha Técnica
Local: Estadio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz de La Sierra
Arbitragem: Carlos Orbe, auxiliado por Byron Moreno e Luís Vera (trio do Equador)
Gols: Sanchez 28′ 1T, Freitas 35′ 2T
Cartões amarelos: Rodríguez, Cano (O);
Cartões vermelhos: Rodríguez (O); Figuera (U)

Oriente Petrolero: Gómez, Zampiery, Mancilla, Paredes, Román, Rosales, Sánchez (Freitas), Haquin, Rodríguez, Cano (Duk), Meza (Mercado). Técnico: Néstor Clausen.

Universitario: Fernández, Corzo, Schuler, Benincasa (Huamantica), Vásquez, Figuera, Romero (Paucár), De la Cruz, Núñez (Vargas), Siucho, Chávez. Técnico: Pedro Troglio.

Ronaldo Sanchez (C) abriu o placar para o Oriente Petrolero (Foto: Aizar Raldes/AFP)

Leave a Reply